Eu pensei sobre mitas coisas, nesses 2 meses, quase exatamente 2 meses que eu fiquei fora. Eu pensei, julguei, fiz o diabo. E sabe o que eu percebi, no final de tudo? Que eu sou fraca, e incrívelmente sensível. Eu sempre achei que o pior tipo de pessoa, era aquele que se fazia de uma coisa que não era, e construia um muro em volta dele mesmo, pra que ninguém descobrisse o que a tal pessoa realmente era. E acabou que no final, eu me tornei exatamente isso. Uma pessoa fraca e sensível, que se julga extremamente forte e que pode passar por tudo sozinha. Mas sinceramente, eu decidi parar com essa bobagem, e dei o primeiro passo pra ser realmente forte. Acreditar. Eu acredito que eu sou forte, que eu posso ser, então eu vou ser. Tudo na vida é uma questão de acreditar. Porque quando você acredita, você realiza seus sonhos, vai atrás do que quer, e não deixa barato se tiram seus sonhos da sua mão. E é sobre isso que a vida se trata, correr atrás dos seus sonhos, com toda a perseverança do ser humano. É sobre isso, acreditar que você pode, que nós podemos. Eu também dei o segundo passo. Parei de acreditar nessas coisas que as outras pessoas falam sobre o tal 'ser forte'. Como: você não pode chorar, você não pode se sentir desmoronar. Pois eu digo, que são todos uns babacas. Que ser forte, é sobre se deixar desmoronar, e se levantar, muitas vezes com a ajuda de seus amigos, mas sempre se levantando de cabeça erguida. Ser forte é chorar, quando necessário, pedir desculpas quando erra. Passar por cima dos seus defeitos pra se redimir. Passar por cima de tudo por um amizade, uma única amizade. Eu queria muito, ser tão forte quanto as pessoas acham que eu sou. Mas no fundo, eu sou só uma pessoa, como todas as outras, que chora, desmorona, grita, fica puto. A vida é sobre isso. Sobre cair, levantar. Seja com a ajuda de alguém ou não, é chorar, quando se tem dor, e quando se tem dor, reclamar sim! Porque dói, dói muito às vezes. Os tapas que a vida dão, ou que os amigos dão às vezes, podem ser realmente dolorosos. Mas se você for como eu, você guarda pra si mesmo, enquanto a pessoa continua cometendo os mesmos erros que você odeia. Isso é outra coisa que eu tenho que mudar. Mas isso, de mudar, fica pra outra hora, já que por agora, eu ainda to superando o último tapa.

 

xoxo, B.



Postado por: baarbara. às 21h26
| envie esta mensagem [link]



.:: Humor ::.


.:: Outros ::.


.:: Histórico ::.

29/11/2009 a 05/12/2009
18/10/2009 a 24/10/2009
09/08/2009 a 15/08/2009
14/06/2009 a 20/06/2009
03/05/2009 a 09/05/2009
26/04/2009 a 02/05/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
11/01/2009 a 17/01/2009
14/12/2008 a 20/12/2008
15/06/2008 a 21/06/2008
13/04/2008 a 19/04/2008
25/11/2007 a 01/12/2007
14/10/2007 a 20/10/2007
07/10/2007 a 13/10/2007
30/09/2007 a 06/10/2007
23/09/2007 a 29/09/2007
16/09/2007 a 22/09/2007
22/07/2007 a 28/07/2007
01/07/2007 a 07/07/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
03/06/2007 a 09/06/2007
27/05/2007 a 02/06/2007
20/05/2007 a 26/05/2007
29/04/2007 a 05/05/2007
22/04/2007 a 28/04/2007
15/04/2007 a 21/04/2007
01/04/2007 a 07/04/2007
18/03/2007 a 24/03/2007
11/03/2007 a 17/03/2007
11/02/2007 a 17/02/2007
04/02/2007 a 10/02/2007

.:: Links ::.

meu fotolog.

.:: Votação ::.

Dê uma nota para meu blog

.:: Indicação ::.

Clique aqui para me indicar

visitas
XML/RSS Feed
Leia este blog no seu celular

.:: Créditos ::.

.:: Layout: Thomoeda ::.



Todos os direitos
reservados ©
___________